quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Contemporâneos

"_ Preciso de sorte. Neste momento. 
Preciso ter o coração sossegado dentro da carne, sabe?. Preciso colocar uma curva no meu rosto. Sorrir, sem estar esvaziad@ pelas tristezas.Eu preciso da leveza. De não ter medo de ser otimista..."

O psiquiatra termina a receita.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: