quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Versinhos de amor

Deixa falar do tamanho do meu amor por você:
Sequóia de nobre e amarrotada pele, braços longos
e confortáveis e que abraços de muitas gentes
não podem fechar.
Cajueiro: tronco espalhado, deitado na relva,
pesado de vontade de crescer e se achegar.
Baobad: suculento e tenro, cabaça de Deus que fala também
da idade do meu amor por ti:
como a epiderme dele não produz rugas não é possível

contar essas coisas de anos e tempos e idades.
Mas, para ser precisa, então, te quero bem
do tamanho e da vivência do cedro japonês.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: