quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Forgotten

A ponta dos dedos
não esquece o calor
daquelas carnes
feitas de festa,
bom agouro e de um rubro –
do mais vermelho que já vi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: