quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Consumação

Quero comê-l@ com dentes.
A língua em brasa penetra carnes
rijas e convidativas.
No céu da boca: estrelas.
Da garganta, o murmúrio quente.
Nos lábios, absinto
sorvido sem pressa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: