quinta-feira, 27 de setembro de 2012

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Bem assim...



Eu gosto de:
te pegar gostoso,
te fazer falar mais fino,
te fazer ficar com pressa.

Me sentindo Antoine, de Martin Page

I
Eu ando gritando surdo,
chorando seco.
Eu ando de cremes, cinzas e grisés.
Eu ando sufocando: lento.
 IIAndo cansada
de picardia,
de velhacaria,
de patifaria,
de covardia
desta putaria,
sem graça, nem gozo.


III
O ano ainda tem três meses para vingar.

IV
Me desculpe, mas pensoque o sucesso de gente assimé um fracasso da humanidade.







quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Pequeno "but",

Olha, eu respeito completamente a opção. 
De verdade. Sem hipocrisias. Acredito que cada um tem que ser o que deseja.
Mas, gente, vou ser sincera, para mim  querer se tornar homem
é problema de baixo-estima.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Corpos

O que eu amo no corpo
é esse dormente e (e)iminente "estado da arte"...
Eu realmente acho que o corpo é puro devir.





Para lembrar

Deita os lábios
nas costas nuas.
Deixa digitais nas ancas.
Cobre de cortesias impróprias.
Acende com palavras rameiras.
E molho sem receios,... 
Precisão desmesurada de preenchimento.

Rarefeito

Onde eu respiro



como se respira?

Amor de TV

Desgracioso (des)amor
entre os viventes -
não possui quinhão de
garbo, nem de seriedade –
é esse professado
como cantilena, na televisão ,
na revista e no
cinema.

Da vontade


Viçoso:
seu sexo
me
hiperestimula.