domingo, 5 de junho de 2011

Do Encontro

Saudade nos olhos, e cada qual ansiando por um pedaço do corpo do outro.
Primeiro chega a mão.
Depois, braço-ante-braço-palma-da-mão-nas-costas, deslizando até a nuca - envolvendo os ombros - apertar o corpo – reduzir espaços: abraçar... 
Amalgamar aquele encaixe perfeito.
 ...E ... "Ahhhh... esse teu cheiro...”, pensa o pensamento.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: