terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Tato

Na ponta dos dedos
No veludo da língua
No ardor do momento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: