terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Enfado

Nunca fui de possuir por possuir, por longo prazo. Me cansa o corpo pela carne: açougue, matadouro, galinhagem.
Não gosto de tratar gente (mesmo na maior vontade, respeito e-ou candura) como nacos de pão, numa refeição: aqui e ali, para limpar o paladar, até me servir do próximo prato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: