segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Sub-missão





Sucumbi ao meu amor anos a fio
da navalha, corte seco, lustroso -

o corpo cedeu
sub-metendo o eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: