segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O agora

Tenho que deixá-l@ ir e cuidar do que sobrou aqui.
E (re)fazer-me melhor, enfim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta aqui: